Belas artes, mundo cão

“Nas tintas do timboteuense Éder Oliveira, a realidade monocromática da exclusão.
No centro do Rio de Janeiro, a imagem de quatro caboclos amazônidas ocupa a fachada do Centro Cultural Banco do Brasil, um dos mais conceituados espaços destinados às artes do país. Nada mal para quem há não muito tempo estampava, com adjetivos nada lisonjeiros, as páginas ainda menos nobres dos cadernos policiais de Belém.”
Matéria de Elvis Rocha na Revista Gotaz #3, disponível no Issuu da Gotazkaen.

Using Format